JOGOS DE SQUASH PELO MUNDO

Loading...

terça-feira, 23 de novembro de 2010

ESTADO DE PERFORMANCE IDEAL

        Estava vendo alguns blogs e encontrei um bem interessante, onde a ex-atleta de Squash, Karen Redfern, fala sobre estado mental de um atleta na hora da competição, sobre pressão, negatividade no jogo e muito mais.
Segue abaixo o que ela descreve sobre tudo isso:




O Estado de performance ideal é um estado mental em que jogar bem acontece naturalmente e espontaneamente.



Um programa de treinamento mental eficiente, começa com os seguintes pressupostos:

-O seu nível de performance, é um reflexo direto da maneira como você se sente por dentro.

-Quando você se sente bem, você consegue jogar bem.

-Jogar bem, é conseqüência natural, tendo os sentimentos internos certos.

-Jogar o seu melhor, acontece naturalmente quando se está balanceado emocionalmente.

-Finalmente, força mental é a habilidade de criar e manter os sentimentos internos corretos, apesar das circunstancias.

-O passo mais importante para ter sua melhor performance, é criar um equilibrio interno particular e mantê-lo, não importando as circunstancias.

Através de estudos e pesquisa chegamos a doze características distintas, que refletem os sentimentos internos ideais para a ótima performance:


Fisicamente relaxado

Mentalmente calmo

Ansiedade baixa

Energizado

Otimista

Prazer e divertimento

Sem esforço

Automático

Alerta

Mentalmente focado                                                             

Confiante

Em controle


Pressão

Um das mais impressionantes e significativas descobertas, é que os atletas não atuam bem sobre pressão.


Competidores bons jogam bem em situação de pressão precisamente por terem eliminado a pressão.


A pressão é algo que você impõe sobre você mesmo.


A única diferença entre jogar competitivamente e por lazer é a pressão. Entretanto, uma competição pode ser tão prazerosa e sem pressão internamente como um jogo de lazer. Quando isso começa a acontecer você começa a se tornar um competidor mentalmente forte.


Pensamentos negativos que produzem pressão:

-E se eu não jogar bem?

-Se eu perder?

-Eu vou cair no ranking se perder!

-Minha carreira está em jogo!

-Não posso perder!

-E se eu errar essa bola?


Pensamentos positivos que reduzem a pressão:

-Vou fazer o meu melhor

-Vou focalizar em fazer o meu serviço da melhor maneira

-Vou me divertir na quadra não importa o que acontecer

-Ganhar e perder, é para os fanáticos, eu vou simplesmente jogar!

-Vai estar tudo bem não importa o que acontecer

-Adoro situações difíceis, quanto mais difícil, melhor eu jogo!

-Pressão é algo que impomos em nós mesmos.


A Importância dos rituais

Todo bom jogador tem um ritual.

Por exemplo, bater a bolinha no chão antes de sacar, secar as mãos na parede, tocar as cordas da raquete etc...

Esses pequenos rituais ajudam a entrar no estado de performance ideal, ajudam a se concentrar, relaxar, focalizar etc...

Quando o jogo começa a se tornar mais difícil a pressão vai diminuindo a intensidade desses rituais.

Começamos a acelerar, e os rituais ficam mais curtos, respiramos com menos profundidade etc...

Por isso nessas situações de pressão, procurem completar os seus rituais com calma.


A energia certa

Em todo o esporte para ter uma boa performance é preciso estar energizado.

Mas é necessário distinguir a diferença entre energia negativa e positiva

Veja abaixo:


Alta Energia

Alta Energia Positiva X Alta Energia Negativa

Prazeroso X Não Prazeroso



Baixa Energia


Baixa Energia Positiva X Baixa Energia Negativa


A performance ideal vai estar sempre na alta energia positiva.


As atitudes certas

Para chegar ao potencial máximo como competidor, você precisa reduzir seu negativismo ao mínimo.


1o Passo

Preste atenção no que está dizendo ou pensando, quando algo negativo aparecer, ligue o sinal de alerta e pense positivo.


2o Passo

Assim que se sentir negativo grite PARE com sua voz interior e você ficará surpreso como funciona.


3o Passo

Troque sentimentos e pensamentos negativos por algo positivo

Seu negativismo é controlável. Comece a mudar já.

 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário